Ao mestre, com carinho!

Há pessoas que enchem de orgulho um estado. Há pessoas das quais ficamos satisfeitos só por conhecer. Há aqueles ainda com as quais é um prazer inenarrável poder sentar e conversar ou poder, simplesmente, ouvi-las pelo fato de que tudo que fala é com propriedade e sabedoria. Pessoas assim são raras. Como tudo que é raro, pessoas assim merecem ser lembradas e sempre admiradas.

Zeno Veloso e sua inteligência são indiscutíveis. É por isso que é um prazer poder dizer que um dos maiores juristas do país é paraense. É por isso que é uma honra a este jornal tê-lo como um de seus conselheiros. Seus tantos méritos são consenso geral. A prova disso é o livro lançado, há poucos dias,  na VI Conferência dos Advogados do Estado do Pará, durante a Feira do Livro.

A desembargadora Pastora Leal foi a responsável pela organização do livro “Direito Civil Constitucional e outros Estudos em homenagem ao professor Zeno Veloso – uma visão luso-brasileira”. Uma homenagem de uma magistrada brilhante a um jurista também brilhante.

Em matérias sobre o livro, a Desembargadora declarou o quão árdua foi a tarefa de organizar a obra, haja vista seu caráter de autoria coletiva, que trata do Direito Civil e Constitucional e do diálogo entre eles, partindo de uma matriz principiológica. Mas declarou, principalmente, o quão era gratificante poder homenagear Dr. Zeno Veloso.

O livro permite ao leitor um panorama dos direitos civil e constitucional na atualidade. O livro é atual. A homenagem é justa. São décadas de uma vida dedicada ao direito e ao ofício mais nobre: o de ensinar. E  o que mais ensina Zeno ao adentrar em uma sala de aula do curso de Direito? Ensina Direito, claro, mas ensina, sobretudo, humanidade e humildade.

Zeno é um jurista. Mas, mais que um jurista, Zeno é um homem  admirável. Quem assiste a uma aula de Zeno assiste a perfeita harmonia entre saber e humildade, entre ofício e zelo, entre dedicação e paciência. Soberba, empáfia e  impaciência, coisas tão desprezíveis quanto comuns àqueles que se deixam levar pelo ego, jamais fizeram parte da realidade de Dr. Zeno Veloso, mesmo com um currículo tão rico.

Dr. Zeno participou da Comissão de Juristas presidida pelo Dr. Silvio Rodrigues, redator do Anteprojeto das Leis de Famílias e Sucessões. Zeno integrou o grupo de professores que assessorou o deputado Ricardo Fiúza, relator-geral do Projeto de Código Civil. Zeno é Doutor Honoris Causa. Zeno é Notório Saber. Apesar da estrada jurídica de Zeno ser louvável, de sua boca, quase não ouvimos seus feitos. Sua humildade e nobreza não permite que os saia propagando.

Uma pessoa de tantos méritos como Doutor Zeno não precisa dizer a todos sobre si. É isso que lhe faz demasiadamente especial. Até pouco tempo, poucos sabiam de suas contribuições para legislações tão importantes para o país. Não sabiam porque ser humilde é também uma questão de inteligência. Este talvez seja o maior diferencial de Dr. Zeno. Ele não precisa falar ao mundo sobre seus méritos. Mas é impossível ao mundo não reconhecê-los. Diante de um homem de tantas qualidades, só resta agradecer não só ao jurista Zeno Veloso, mas, principalmente, ao ser humano Zeno Veloso.

 

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: